Portal Movimento das Artes
Canal: ARTE & CULTURA

ARTISTAS RIBEIRÃO-PRETANOS PRESENTES NO XIV SABBART


O melhor da arte acadêmica poderá ser visto, na
Casa da Cultura, até o próximo dia 10 de novembro

Até o próximo dia 10 de novembro, na Casa da Cultura, em Ribeirão Preto, o público poderá ver o que existe de melhor na arte acadêmica brasileira: o XIV Sabbart (Salão Brasileiro de Belas Artes), aberto no último dia 14 pelo prefeito Welson Gasparini e pelo secretário da Cultura, Vicente Seixas. Esse espaço pode ser visitado de terça a sexta-feira, das 9h às 18h e, aos sábados, domingos e feriados, das 12h às 18h.

A Comissão Organizadora é presidida pelo empresário Lino Strambi e a comissão julgadora, responsável pela seleção dos trabalhos premiados, foi constituída pelos críticos de arte Alexandre Raider e Jane Marylene Ruck.

O grande premiado do XIV Sabbart (vencedor do prêmio aquisição pelo conjunto de três obras) foi o artista plástico paulistano Sérgio Caíres Berber, seguindo-se, em segundo lugar, Juarez Venâncio de Mello (Brasília). Menções honrosas foram outorgadas a Carlos Eduardo Zornoff (Pirassununga), Elizabeth Stuqui Patara (Campinas), Paulo Fernando Campinho de Carvalho (Rio de Janeiro), Rafael Venâncio (Niterói), Rodrigo Zaniboni (Fernando Prestes).

Reunindo artistas do Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo, o XIV Sabbart selecionou os seguintes: Carlos Eduardo Zornoff, Carlos Tarocco, Cleide Aparecida Vieira, Denise Otero Mounfort, Edmilson Cândido de Oliveira, Eliana Zancaner Castilho, Elizabeth Stuqui Patara, Herminia Gomes Bizetto, Juarez Venâncio de Mello, Kelly Mayumi Takushi, Lázaro José Alves, Leda Zancaner Salles, Leni Buch, Luciane Frenhi, Luis Henrique de Souza, Maria Alzira Ballestero, Maria Clarice Sarraf Borelli, Maria de Fátima Barbalho Ruic, Marie Satake, Marina Vicari Lerário, Marisa Ribeiro da Silva Pardini, Mauricio Takiguthi, Mihiko Hara Iguchi, Mioco Foshina, Paulo Fernando C. de Carvalho, Rafael Vicente, Rocco Caputo, Rodrigo Zaniboni, Ronaldo Ciribelli, Rosângela Duarte Novaes, Saul Ferdinando de Oliveira Carvalho, Sebastião Máximo da Costa, Sérgio Caíres Berber, Simone Prata Sâmara, Teresa Cristina Carneiro, Vera Sciascio e Ynede Maria Pretti Figueiredo. Entre os valores ribeirãopretanos selecionados destaca-se Simone Prata Samara que ainda recentemente expôs seus trabalhos na Paraler Shopping.

Criado em 1990 – quando respondia pela Secretaria da Cultura, o professor e jornalista Divo Marino – o Salão é promovido pela Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto através da coordenadoria de Artes Visuais da Secretaria da Cultura de Ribeirão Preto. O objetivo é estimular e divulgar as produções artísticas, de toda parte do Brasil, que se enquadram nas características das belas artes. A Prefeitura de Ribeirão Preto orgulha-se em dar continuidade a uma iniciativa, que a cada ano  reúne o melhor da produção nacional da arte acadêmica: o Sabbart (Salão de Brasileiro de Belas Artes de Ribeirão Preto). São 14 anos de ininterrupto sucesso; 14 anos de valorização do artista acadêmico brasileiro; 14 anos de divulgação do talento de nossos pintores, escultores, gravuristas e desenhistas; 14 anos que marcam nossa cidade como uma referência na arte acadêmica; 14 anos de consolidação de um evento anualmente renovado.
 


Fonte: Ass Imp Pref. Municipal de Ribeirão Preto

.: IMPRIMIR :.                    .: FECHAR :.

Matéria Publicada no Portal Movimento das Artes - 28/10/05