Canal:
EDUCAÇÃO

 

.
JUSTIÇA SUSPENDE VOLTA ÀS AULAS NO ESTADO DE SÃO PAULO
.

   

Decisão acata pedido do Sindicato dos Professores do estado e afeta escolas das redes estadual, municipal e privada
                                  



A Justiça de São Paulo suspendeu a volta às aulas presenciais no estado. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (28) e impede o retorno nas escolas das redes pública e privada a partir da próxima segunda-feira (1º de fevereiro).   

A medida atinge as regiões que estão nas fases laranja e vermelha do Plano São Paulo - atualmente, todas as regiões do Estado de São Paulo estão em uma dessas fases, incluindo Ribeirão Preto.  

A decisão é da juíza Simone Gomes Rodrigues Casoretti, da 9ª Vara da Fazenda Pública e foi movida pela Apeoesp (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de São Paulo).  

"O cenário acima exposto me faz tecer, como conclusão, que o retorno às aulas sem que os profissionais da Educação estejam vacinados importa em ampliar a sua vulnerabilidade à COVID-19", escreveu a juíza na decisão. 

Outro lado  
Por meio de nota, o Governo do Estado informou que vai recorrer da decisão liminar. Além disso, afirmou que o estado ainda não foi notificado e, por isso, todo o planejamento previsto está mantido.  

"Nossa prioridade se manterá em garantir a segurança e saúde de todos os estudantes e servidores da educação, além do direito à educação, segurança alimentar e saúde emocional de todos os nossos estudantes", informa no comunicado.

 


                            

28/01/2021 - ACidadeON
Foto: Divulgação/Sec.Educação-SP.

[ imprimir ]             [ fechar ]