Canal:
EDUCAÇÃO

 

.
TJ SUSPENDE LIMINAR E PERMITE VOLTA ÀS AULAS EM SP
.

   

Decisão foi tomada pelo presidente do Tribunal de Justiça, na tarde desta sexta-feira (29); aulas presenciais poderão ser retomadas em fevereiro
                                  




O presidente do TJ-SP (Tribunal de Justiça de São Paulo) Geraldo Francisco Pinheiro Franco derrubou a liminar que havia suspendido o retorno às atividades presenciais nas escolas e permitiu a volta às aulas nos municípios que estão na fase vermelha e laranja do Plano São Paulo. 

A decisão foi tomada na tarde desta sexta-feira (29), após recurso interposto pelo governo estadual. Com a decisão, todas as escolas das redes pública (incluindo escolas municipais e estaduais) e privada poderão receber estudantes a partir de 1º de fevereiro. 

Pinheiro Franco levou em consideração as medidas adotadas pelo governo estadual e pelas escolas particulares para receberem os estudantes na pandemia do novo coronavírus (covid-19).   

"Enfim, o desejo de acertar, com a escolha do melhor caminho, pertente a todos. Também a angústia. E a esperança que o esforço coordenado produza efeitos sensíveis fundamenta esta decisão", escreveu o presidente do Tribunal.

Na volta das atividades presenciais, as escolas poderão funcionar com até 35% de capacidade e seguir uma série de regras estabelecidas pelo Plano São Paulo.   

Em Ribeirão Preto, a rede pública no estado e município retoma as atividades nas escolas no dia 8 de fevereiro. A presença não é obrigatória.

 


                            

29/01/2021 - ACidadeON
Foto: Pixabay

[ imprimir ]             [ fechar ]