Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


REGIÃO DE RIBEIRÃO SOMA 118 CASOS DE CORONAVÍRUS COM 5 ÓBITOS
   
 . REGIS

    
Região Metropolitana de Ribeirão Preto é constituída por 34 cidades com uma população, segundo IBGE em 2018, de mais de 1,7 milhão de habitantes

                                    

  


Treze cidades da região de Ribeirão Preto contabilizam 118 casos confirmados de coronavírus, causador de covid-19, e quatro óbitos, em Ribeirão Preto o do homem de 36 anos que faleceu no Hospital das Clínicas; de um idoso de 87 anos, morador de Cravinhos, que faleceu no final de semana em hospital privado da metrópole; de outro homem de 65 anos que morreu em Jaboticabal, e de um senhor de 62 anos que faleceu nesta sexta-feira, 3 de abril, em Sertãozinho.

ATUALIZAÇÃO: Após redação desta matéria, Ribeirão Preto registra mais 1 morte. Um paciente de 76 anos, que estava internado no Hospital Ribeirânia desde o último domingo (29/3) faleceu na noite desta sexta-feira (3) com coronavírus. Ele tratava uma doença respiratória grave e havia sido transferido para a UTI e entubado durante a madrugada.

Mais duas cidades con­firmaram os primeiros casos nesta sexta-feira. A prefeitura de Serrana informou que um bebê de um ano e um mês está internado no Hospital das Clí­nicas de Ribeirão Preto. O re­sultado positivo para covid-19 foi divulgado ontem. A outra pessoa infectada é de Taiúva. O óbito em Sertãozinho ainda não consta nos balanços do Se­cretaria Estadual de Saúde e no Ministério da Saúde.

Os 118 pacientes são de Ri­beirão Preto (88), Jaboticabal (doze), Bebedouro (quatro, mas dois aguardam a con­traprova), Franca (três), Cra­vinhos (dois), Sertãozinho (dois), Jardinópolis (um), Monte Alto (um), São Joaquim da Barra (um), Orlândia (um), Brodowski (um), Serrana (um) e Taiúva (um). O número de casos ainda deve aumentar porque cerca de 700 exames aguardam o resultado.

Gripe
O Estado de São Paulo ba­teu novo recorde de imuniza­ção contra a gripe: mais de 4,8 milhões de pessoas foram vacinadas desde o início da campanha, uma média di­ária de 600 mil aplicações. Pela primeira vez na histó­ria, a cobertura vacinal entre as pessoas com mais de 60 anos chegou a 84% em ape­nas oito dias, dobrando em comparação à semana passa­da. Entre os dias 23 de março e 2 de abril, foram aplicadas doses em quatro milhões de idosos (84%) e 760,6 mil tra­balhadores de saúde (56%). No ano passado, marca simi­lar só foi alcançada após um mês de campanha para esses grupos prioritários.
 



*
atualizado às 12h45

04/04/2020 - Tribuna Ribeirão / Equipe MDA
Foto: Divulgação