Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


NOVA ZELÂNDIA DIZ QUE CONTROLOU CORONAVÍRUS E REDUZ CASOS A UM DÍGITO
     . REGIS

    
Com controle das transmissões comunitárias do vírus, pais reduz regras de distanciamento social
      

Jacinda Ardern, primeira-ministra da Nova Zelândia, mostra gráficos durante coletiva sobre Covid-19

  


O governo da Nova Zelândia informou hoje que conseguiu controlar as transmissões comunitárias do coronavírus e anunciou o relaxamento das regras de distanciamento social do nivel quatro para o nível três.

Ashley Bloomfield, diretora geral de saúde da Nova Zelândia, disse em entrevista coletiva que o país registrou um novo caso, quatro suspeitos e uma nova morte, reduzindo as notificações para um dígito. Além disso, ela afirmou que todos os casos positivos tiveram sua origem de transmissão identificada.

"Nosso objetivo é a eliminação. E, novamente, isso não significa erradicação, mas significa que reduzimos a um pequeno número de casos, para que possamos eliminar todos os casos e surtos que possam surgir", completou Bloomfield.

A primeira-ministra Jacinda Ardern disse que o coronavírus foi "atualmente" eliminado, mas que o país precisa permanecer alerta e ainda pode registrar novos casos.

"Já faz quase cinco semanas que estamos vivendo e trabalhando de maneiras que há dois meses seriam impossíveis. Mas nós fizemos. E fizemos isso juntos", disse Adern ao elogiar a população pela colaboração.

Amanhã, entra em vigor no país o nível três do plano de distanciamento social. Empresas poderão reabrir parcialmente respeitando as regras de segurança. As escolas reabrirão com capacidade limitada. O home office continua sendo a recomendação do governo, a menos que não seja possível.

Locais públicos como bibliotecas, museus e academias de ginástica ainda permanecerão fechados. No dia 11 de maio o país vai reavaliar as medidas.

De acordo com a Universidade Johns Hopkins, a Nova Zelândia confirmou 1.469 casos do novo coronavírus e 19 mortes.
    


27/04/2020 - UOL
Foto: Pint IT / Divulgação