Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


RIBEIRÃO PRETO REGISTRA 1.791 CASOS CONFIRMADOS E 44 MORTES POR COVID-19
  . REGIS1

    
No boletim desta segunda (08) não foram informados os números de novos registros e de casos descartados. A Secretaria Municipal da Saúde de Ribeirão Preto não informa o número de curados da doença
                  

  



Ribeirão Preto tem 44 óbitos causados pela Covid-19 e 1.791 casos confirmados da doença, segundo o Boletim Epidemiológico divulgado no final da tarde desta segunda-feira, 8, que traz os dados consolidados da doença até o domingo, 7. 

Em 24 horas, os resultados dos testes feitos na cidade mostraram mais 111 casos confirmados e seis mortes por Covid-19. Os óbitos foram registrados entre os dias 2 e 7 de junho, mas os resultados dos exames foram confirmados no boletim desta segunda-feira.

As vítimas fatais do vírus são uma mulher de 45 anos, uma mulher de 71 anos, e um homem de 60 anos, todos com doença neurológica crônica; um homem de 65 anos, com doença pulmonar, cardiovascular e neurológica; um homem de 80 anos que ainda tem doenças relacionadas sendo investigadas e uma mulher de 88 anos, com doença cardíaca. 

Testes e leitos
Durante o anúncio dos novos casos de novo coronavírus no município, o prefeito de Ribeirão Preto informou que 6.614 pessoas já passaram por testes para detecção da doença na cidade (número equivale a 1% da população de Ribeirão Preto).  

Além dos 1.791 casos confirmados, também foi divulgado a ocupação de leitos de hospitais públicos e privados da cidade reservados para pacientes com sintomas da covid-19. Até esta segunda, 65,3% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) da cidade estavam ocupados, e 63,8% dos leitos de enfermaria.

Retomada consciente
Segundo o prefeito Duarte Nogueira anunciou em uma live nesta segunda-feira, 8, hoje, a região de Ribeirão Preto apresenta dados para continuar na fase dois do plano de retomada consciente do Governo Estadual. A avaliação dos cinco requisitos de saúde será feita nessa quarta-feira, 10. "Caso nós tenhamos piora em qualquer índice de saúde, poderemos retroceder nessa abertura. Nós precisamos lembrar que ainda não saímos da quarentena e precisamos manter os cuidados de prevenção contra a Covid-19", alertou.

Ainda segundo Nogueira, Ribeirão Preto apresenta uma taxa mais elevada de mortalidade por conta do grande fluxo de testes que é realizado na cidade. "Ribeirão Preto é uma das cidades que mais aplica testes para o novo coronavírus no Brasil, cerca de 1% da nossa população já foi testada", informou. 

Ele ressaltou que decretou o fechamento das lojas do comércio nos próximos feriados visa controlar o fluxo de pessoas e evitar aglomerações. 

 

 

*Com informações da A Cidade On e Revide

08/06/2020 - Equipe MDA
Foto:  Divulgação