Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


RIBEIRÃO PRETO TOTALIZA 2.321 CASOS CONFIRMADOS E 59 MORTES POR COVID-19
  . REGIS1

    
Das 8.990 notificações, 4.934 foram descartas e 2.321 confirmadas para covid-19. Taxa de letalidade na cidade sobe para 4,7%. Não há números oficiais sobre curados
                             

  



Mais seis óbitos foram registrados por covid-19 em Ribeirão Preto. Todas as vítimas fatais possuíam comoridades. Neste sábado, 13, o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal da Saúde também confirmou mais 94 novos casos da doença no município.

Ao todo, são 59 mortes e 2.321 casos confirmados da doença. Sendo, 8.990 casos notificados e 4.938 descartados. Os óbitos notificados neste sábado ocorreram entre terça-feira, 9, e quinta-feira, 11.

Terça-feira, 9: duas vítimas. Um homem de 70 anos, com doença cardiovascular crônica e câncer. E uma mulher, de 67 anos, com diabetes e hipertensão arterial, Ambos em hospitais públicos.

Quarta-feira, 10: uma mulher de 24 anos, que possuía câncer. Ela faleceu em um hospital público.

Quinta-feira, 11: três vítimas. Uma mulher de 46 anos, com hipertensão e obesidade. E dois homens, sendo um de 77 anos com doença cardiovascular crônica e outro de 52 anos, com doença cardiovascular crônica e diabetes.

Até o momento, o principal fator de risco tem sido a doença cardiovascular crônica, presente em 45% dos óbitos. Os outros dois principais fatores são diabetes (32%) e hipertensão (23%).

Os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) também subiram. São 1.074. Até o momento, o mês de maio foi o que mais registrou casos da SRAG, sendo 360 ao todo. Contudo, somente nos 13 primeiros dias de junho, já foram 294, o dobro do que foi registrado no mesmo período do mês anterior.

Ocupação de leitos
A ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) destinados para o tratamento da Covid-19 nos hospitais particulares da região Ribeirão Preto chegou a 91,67%.  O levantamento leva em consideração os leitos disponíveis na Direção Regional de Saúde (DRS) XIII, que contempla Ribeirão Preto e outros 25 municípios.

Nos leitos públicos, dos 200 leitos de enfermaria, 160 estão sendo usados, ocupação de 80%. E dos 122 leitos de UTI, 101 estão com pacientes, ocupação de 82,7%. Porém, outros leitos ainda podem ser deslocados e reservados para pacientes com Covid-19. Ainda restam 521 leitos de enfermaria e 77 leitos de UTI vagos, esses leitos, contudo, servem para atender todos os outros tipos de enfermidades na cidade.


 

com informações da Secretaria da Saúde RP e Revide

14/06/2020 - Equipe MDA
Foto:  Divulgação