Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


BRASIL REGISTRA 2.419.091 CASOS CONFIRMADOS e 1.634.274 CURADOS DE COVID-19 NESTE DOMINGO (26)
  . REGIS1

    
Balanço do Ministério da Saúde aponta que nas últimas 24 horas, houve um acréscimo no registro de 555 mortes e de 16.794 recuperados da doença. Mortalidade Nacional é de 41,4 mortes a cada 100 mil habitantes
     
                               

  
 


Veja o Resumo:
    ·     2.419.091 casos confirmados, eram 2.394.513 no sábado (25)
    ·     87.004 mortes, eram 86.449 no sábado (25)  
    ·     Taxa de letalidade Nacional é de 3,6%
    ·     Mortalidade Nacional: 41,4 Mortes a cada 100 mil habitantes 

    ·     1.634.274 número de recuperados, no sábado (25) eram 1.617.480
    ·     697.813 casos em acompanhamento (ativos)     

    ·     São Paulo tem 483.982 casos confirmados com 21.606 óbitos.
    ·     Taxa de letalidade em São Paulo é de 4,7%
    ·     Mortalidade Estadual: 47,1 Mortes a cada 100 mil habitantes

Número de casos e mortes por UF: (Por ordem de Total de Casos Confirmados)

O balanço divulgado hoje (26) pelo Ministério da Saúde (MS) revela que 555 morreram de covid-19 nas últimas 24 horas. Com isso, chega a 87.004 o total de vidas perdidas para o novo coronavírus desde o começo da pandemia. Além disso, foram confirmados 24.578 casos, elevando para 2.419.091 o total. Este número inclui 1.634.274 pessoas (67,6%) que tiveram a doença e foram curadas.

Os estados com mais registro de mortes por covid-19 são: São Paulo (21.606), Rio de Janeiro (12.835), Ceará (7.493), Pernambuco (6.352) e Pará (5.716). As unidades da Federação com menor número de óbitos pela pandemia são: Mato Grosso do Sul (305), Tocantins (346), Roraima (473), Acre (486) e Amapá (554).  

Os estados com mais casos confirmados da doença são: São Paulo (483.982), Ceará (162.085), Rio de Janeiro (156.325), Pará (148.463) e Bahia (148.179). As unidades da Federação que tiveram menos pessoas infectadas até agora são: Acre (18.745), Mato Grosso do Sul (21.514), Tocantins (21.767), Roraima (29.829) e Amapá (35.220).

 


   

26/07/2020 - Minstério da Saúde / Agência Brasil
Foto: 
Divulgação