Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


RIBEIRÃO SEGUE COM OCUPAÇÃO DE LEITOS NO NÍVEL DA FASE LARANJA

  . REGIS1

    
Na manhã desta quinta-feira (27), 76,61% das vagas de UTI estavam ocupadas na cidade; o limite da fase amarela é 75%
     
                               

  


A taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) em Ribeirão Preto continua em alta e além do que o Plano São Paulo permite para que a cidade fique na fase amarela de flexibilização. Nesta quinta-feira (27), 76,61% das vagas estavam ocupadas.  

Esse índice, computado pela plataforma leitoscovid.org, é referente apenas ao município e a contagem de pessoas internadas no período da manhã. Isto é: das 218 camas disponíveis para tratar pacientes contaminados pelo novo coronavírus e em estado grave, 167 estão cheias.  

O recuo no planejamento estadual de retomada do comércio, no entanto, é analisado com base nas médias de toda a região, composta por outras 25 cidades da DRS (Departamento Regional de Saúde), e da soma dos números móveis durante a semana.   

Se dependesse apenas de Ribeirão e dos dados atuais de ocupação de leitos, a população teria de voltar para a fase laranja. Esse retrocesso acarretaria no fechamento de bares, restaurantes, academias, parques de lazer e etc. 

Já nas enfermarias, o cenário é bem diferente e longe da lotação. Ainda de acordo com o leitoscovid.org, o município está com 59,45% das vagas ocupadas nesta quinta-feira (27). 

São 254 camas de internação destinadas a casos menos complexos da covid-19 e 151 ocupadas.  

Vale lembrar que apenas os leitos de UTI são contados pelo Plano São Paulo e que as avaliações são feitas sempre às sextas-feiras. Até o momento, a região de Ribeirão Preto segue na fase amarela de flexibilização da quarentena.


 

27/08/2020 - ACidadeON
Foto: 
Divulgação