Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


APÓS UM MÊS, RIBEIRÃO TEM NOVA CHANCE DE IR À FASE VERDE

  . REGIS1

    
Plano São Paulo tem atualização marcada para sexta-feira (09), data que a região completa 28 dias na fase amarela
     
                               

  



A região de Ribeirão Preto tem, na próxima sexta-feira (9), mais uma chance de avançar para a fase quatro, a verde, no Plano São Paulo.

Nas contas do Governo do Estado, que gerencia o Plano SP, Ribeirão e região ingressaram na fase amarela em 11 de setembro, após uma semana na fase laranja (entre 4 e 11 de setembro) e completam 28 dias na fase verde na sexta (9).

O primeiro requisito para avançar à fase verde é exatamente esse: ter, no mínimo, 28 dias na fase amarela.

Um dos maiores benefícios da fase verde em comparação com a fase amarela é o aumento do limite da capacidade de público de shoppings, comércios, bares, restaurantes e similares de 40% para 60%.

No entanto, para chegar a tal patamar, será preciso cumprir rígidos indicadores de controle do novo coronavírus. Por isso, a manutenção da queda de mortes, novos casos e internações, ao longo desta semana, será crucial.

Ao longo da semana passada, o governador João Doria (PSDB), deu indícios de que algumas regiões vão, finalmente, à fase verde no dia 9 de outubro. Ele chegou a citar a região de Campinas, mas não adiantou informações das regiões de Barretos, Franca e Ribeirão Preto

Frustração
A primeira vez que a região completou 28 dias na fase amarela, em 4 de setembro, foi a primeira chance de avançar à fase verde. No entanto, o aumento de mortes relacionadas à covid-19 fez com que ocorresse o rebaixamento à fase 2, a laranja.

Plano SP
O Plano São Paulo passou a vigorar no Estado em 1º de junho e impõe uma quarentena regionalizada para conter o avanço do novo coronavírus.

Inicialmente os números eram atualizados uma vez por semana e o avanço de fase ocorria a cada 15 dias.

No entanto, a partir de 11 de setembro, quando o Estado inteiro atingiu a fase amarela, as atualizações e avanços de fase passaram a ocorrer a cada 28 dias.

 



  

04/10/2020 - ACidadeOn
Foto:  Divulgação