Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 

     
COVID-19: RIBEIRÃO FECHA 30 LEITOS DE UTIs E 12 DE ENFERMARIAS
  . REGIS

    
Em menos de três dias, a cidade perdeu um número considerável de vagas destinadas ao tratamento da covid-19 e subiu nos índices de lotação  

                                

  


  
Depois de registrar dias mais controlados, com taxas de ocupação dos leitos reservados para o tratamento da covid-19 em queda, Ribeirão Preto voltou a ter alta nas UTIs (Unidade de Terapia Intensiva) e amanheceu nesta segunda-feira (7) com quase 60% das vagas ocupadas.  

Houve aumento no número de pessoas internadas, mas, de acordo com apuração do ACidade ON, o município perdeu 30 vagas de UTI em menos de três dias.  

Consta na plataforma leitoscovid.org, atualizada às 10h20 de hoje, que 56,32% dos leitos estão em uso - são 49 pacientes internados coma covid-19. Ao todo, há 87 camas destinadas à pessoas em estado grave de saúde.  

Na última sexta-feira (4), a cidade tinha 46 casos de tratamento rigoroso - três a menos que o índice atual - e 117 leitos à disposição da população. Essa manutenção, portanto, explica o aumento de quase 17% dos dados de ocupação de UTI´s em hospitais públicos e privados. 

Já nas enfermarias, o sistema de controle da pandemia em Ribeirão Preto mostra que a mudança não foi tão abrupta, porém, também houve queda de leitos.  

A taxa de ocupação nesta segunda-feira (7) é de 39,42%, com pacientes em 54 dos 137 leitos. A comparação feita pela reportagem revela que 12 vagas foram fechadas no mesmo período e, mesmo com dois internados a menos, a ocupação percentual subiu.  

Vale lembrar que a plataforma leitoscovid.org, acompanhada também pelo Supera Parque, é atualizada várias vezes ao dia e pode sofrer alterações nos resultados finais. Os números aqui apresentados são referentes ao horário de publicação desta matéria. 

Outro lado  
Por meio de nota, a Secretaria Municipal de Saúde informou que não houve fechamento definitivo de leitos reservados para o tratamento da covid-19, mas, apenas, a realocação deles.  Confira abaixo a nota da Saúde na íntegra: 

"De acordo com os indicadores, o município de Ribeirão Preto se encontra estável nos números de novos casos, assim como em internações. Portanto, não há fechamento de leitos, e sim reversão. Isto é, os leitos Covid - 19 são revertidos para normais e conforme a necessidade, são imediatamente revertidos novamente para leitos Covid.

Ressaltamos que o monitoramento da pandemia é realizado constantemente pelo Comitê Técnico de Contingenciamento, assim como o planejamento caso a cidade enfrente uma segunda onda da doença".



  

07/12/2020 - ACidadeON 
Foto:  Divulgação