Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 

     
GOVERNO ADOTA NOVAS MEDIDAS NAS REGRAS DO PLANO SP
  . REGIS

    
Bares deverão fechar às 20h e comércio tem horário ampliado para evitar aglomeração

                                

  


O Governo do Estado de São Paulo anunciou, nesta sexta-feira, 11, novas medidas de distanciamento social para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus. A possibilidade de uma segunda onda da doença é apontada como o principal motivo para as mudanças. As medidas são válidas a partir deste sábado, 12.

A média diária de novos casos, novas internações e óbitos voltou a subir entre a segunda quinzena de novembro e o início de dezembro. Os casos subiriam 23,6% nas últimas quatro semanas; internações subiram 15,5% e os óbitos cresceram 30,3%

A curva de novos casos em São Paulo acompanha um movimento global de segunda onda da doença, que já é uma realidade na Europa e nos Estados Unidos. Em países como Portugal e Estados Unidos, o número  de novos casos diários é superior ao que era visível durante a primeira onda da doença, no primeiro semestre de 2020.

Ainda segundo o governo estadual, houve uma mudança no perfil etário na demanda por leitos de Covid-19. Entre março e novembro, a faixa etária de 55 a 75 anos era a que possuía a maior demanda por leitos. Porém, nas últimas três semanas, a faixa etária dos 30 aos 50 anos passou a ser a maioria. A faixa etária dos 20 aos 39 anos passou a concentrar 40% dos casos e 3,6% dos óbitos.

Novas Regras

» Comércio e shopping centers
Horário de funcionamento foi ampliado de 10 horas para 12 horas por dia. A capacidade deverá ser de 40% do público e com o fechamento até às 22h. Os protocolos sanitários como aferição de temperatura, disponibilização de álcool em gel e uso de máscara seguem obrigatórios.

» Bares
Redução no horário de funcionamento. Esses estabelecimentos deverão fechar as portas até às 20h. A capacidade limite segue sendo 40% do público – sentado – e em mesas com até seis pessoas. 

» Restaurantes
O fechamento será mantido até às 22h, mas a venda de bebidas alcoólicas fica restrita até às 20h. A capacidade limite segue sendo 40% do público – sentado – e em mesas com até seis pessoas. 

» Lojas de conveniência em perímetros urbanos
O fechamento será mantido até às 22h, mas a venda de bebidas alcoólicas fica restrita até às 20h. A capacidade limite segue sendo 40%.



  

12/12/2020 - Revide 
Foto:  Divulgação