Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


BARES DEVERÃO FECHAR ÀS 20h EM RIBEIRÃO A PARTIR DESTA SEGUNDA (11)
     . REGIS

    
Prefeitura informou que irá acatar as mudanças propostas pelo Estado no Plano São Paulo, veja alterações

                                

  



Os bares na Direção Regional de Saúde (DRS) XIII, que contempla Ribeirão Preto e outros 25 municípios, passarão a fechar às 20h, a partir de segunda-feira, 11. A medida foi proposta pelo governo estadual que alterou as regras do Plano São Paulo na sexta-feira, 8.

Por isso, apesar da região de Ribeirão Preto ter permanecido na Fase Amarela, bares e outros estabelecimentos terão horários de funcionamento alterados. “A meta principal é evitar aglomerações e voltar a reduzir o fluxo de pessoas em horários específicos”, afirmou a secretária estadual de Desenvolvimento Econômico, Patricia Ellen. “O grande objetivo neste momento é reduzir a circulação do vírus. Nós precisamos reduzir aglomerações, e elas acontecem principalmente no período da noite”, acrescentou.

Durante coletiva para a divulgação do plano municipal de vacinação, também na sexta-feira, 8, o prefeito Duarte Nogueira (PSDB), declarou que irá acatar às novas regras. "O município vai respeitar o Plano São Paulo. Inclusive, com o apoio das entidades que representam os bares e restaurantes. [Estabelecimentos] que procuram, em sua grande maioria, colaborar com as medidas sanitárias em vigor. E, ao mesmo tempo, deixando claro que eventuais comportamentos que fujam das regras não contam com o apoio das associações dos seus representantes", afirmou Nogueira. 

Novas regras de funcionamento

Fase Amarela
- Todas as atividades em funcionamento;
- Capacidade limitada a 40% de ocupação para todos os setores;
- Funcionamento máximo de estabelecimentos limitado a 10 horas por dia;
- Parque estaduais abertos;
- Restrição de atendimento presencial até as 20h em bares;
- Restrição de atendimento presencial até as 22h em todos os demais estabelecimentos.

Fase Laranja
- Ampliação das atividades permitidas para todos os setores;
- Capacidade limitada: de 20% para 40% de ocupação para todos os setores;
- Funcionamento máximo de estabelecimentos limitado: de 4 para 8 horas por dia;
- Parques estaduais abertos;
- Proibição de atendimento presencial em bares;
- Restrição de atendimento presencial até as 20h em todos os estabelecimentos.

Mudanças
Durante a coletiva na sexta-feira, o governo estadual divulgou novas regras que tornam mais difícil o avanço de fase no Plano São Paulo. A partir de agora, as regiões precisarão ter indicadores melhores para alcançar fases mais flexíveis.

Endurecimento para avançar para a Fase Verde
Como era:
 Região precisava alcançar 40 internações por 100 mil habitantes e 5 óbitos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.
Como ficou: Região precisa alcançar 30 internações por 100 mil habitantes e 3 óbitos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias.

Endurecimento para classificação na Fase Laranja
Como era:
Parâmetro de taxa de ocupação UTI Covid para Fase Laranja: 75%.
Como ficou: Parâmetro de taxa de ocupação UTI COVID para fase laranja: 70%

Mudança dos indicadores de evolução da pandemia
Como era:
Indicadores de variação para casos, óbitos e internações, com parâmetros para todas as fases. Indicadores de incidência para internações e óbitos, com parâmetros para avançar para fase Verde.
Como ficou: Indicadores de incidência para casos, internações e óbitos, com parâmetros para avançar para fases Laranja, Amarela e Verde.

 


  

10/01/2021 - Revide
Foto: 
Divulgação

QUIP