Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


ESTADO DIZ QUE REGIÃO DE RIBEIRÃO PODE SER REBAIXADA NO PLANO SP
     . REGIS

    
Ocupação dos leitos de UTI Covid na região de Ribeirão Preto chegou a 77,4%; atualmente, a região está na fase laranja entre segunda e sexta
                                

  

 

Com o aumento da ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinado aos pacientes com covid-19 na região de Ribeirão Preto, o governo estadual não descarta uma reclassificação extraordinária rebaixando a região para a fase vermelha do Plano São Paulo - atualmente, a região está na fase laranja nos dias úteis.  

De acordo com a secretaria de Desenvolvimento Econômico, são considerados os dados diários sobre a ocupação de leitos para que seja decidida a mudança de fase, o que deve acontecer na quinta-feira.  

As informações ainda devem ser analisadas pelo Centro de Contingência do Coronavírus, que pode manter a região na fase laranja ou realizar a reclassificação.  

A região de Ribeirão Preto foi mantida na fase laranja do Plano São Paulo na última sexta-feira (22) e a próxima revisão está programada para acontecer em duas semanas.  

No entanto, como todo o estado, as regras da fase vermelha vão entrar em vigor nos finais de semana dos dias 30 e 31 de janeiro e 6 e 7 de fevereiro.  

Situação dos hospitais 
Uma região pode ser rebaixada para a fase vermelha quando ultrapassar a marca de 75% da ocupação dos leitos de UTI Covid.   

No último domingo, a região da DRS (Direção Regional de Saúde) XIII, que abrange Ribeirão Preto e outros 25 municípios, atingiu 77,4% na lotação das UTIs.  

Segundo a Fundação Seade, a região conta com239 leitos de UTI Covid disponíveis, sendo que 185 pacientes estão internados. Apenas em Ribeirão Preto, são 162 vagas disponíveis nos hospitais, com ocupação de 84,5%.

 

 


  

25/01/2021 - ACidadeON 
Foto: 
Divulgação