Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


TAXA DE OCUPAÇÃO NAS UTIS COVID EM RIBEIRÃO ESTÁ EM 78% NESTA SEGUNDA (01)
     . REGIS

    
Mês começa com índice abaixo da fase vermelha do Plano SP, com 135 leitos ocupados de 173 disponíveis

                                

  



A taxa de ocupação nas UTIs Covid-19 dos hospitais de Ribeirão Preto começou a semana e o mês de fevereiro abaixo dos 80% após dias seguidos de índice alarmante, na fase vermelha do Plano SP. Com 135 leitos ocupados dos 173 disponíveis, o município está com 78% na taxa de ocupação, índice da fase laranja do plano SP. Já nos hospitais públicos, segundo a plataforma LeitosCovid atualizou na manha desta segunda, a taxa de ocupação de UTIs Covid segue acima dos 80%. 

O Comitê de Contingência do Novo Coronavírus do estado leva em conta a situação da DRS XIII, que é composta por Ribeirão Preto e mais 25 cidades. Na sexta-feira, 29, a região foi rebaixada para a fase vermelha por apresentar taxa de ocupação acima dos 80%, além da alta em casos e óbitos pela doença.

Segundo o levantamento divulgado pelo estado, pela plataforma oficial que acompanha a situação nas regiões, a DRS de Ribeirão estava com 68,5% de ocupação nos leitos de UTI nesse domingo, 31. Na variação semanal, foi registrada alta de 8,5% na ocupação das UTIs na região. Ao todo, segundo o estado, são 64 mil casos confirmados na DRS e 1,8 mil mortes em decorrência da doença.

Uma nova classificação do Plano São Paulo será anunciada na sexta-feira, 5, com regras a serem seguidas a partir do dia 8 de fevereiro. Até lá, a região de Ribeirão Preto segue na fase vermelha, a mais restritiva do plano, para conter a disseminação do vírus.

Segundo dados do SP Covid-19 Info Tracker, atualizados no dia 26 de janeiro, a região de Ribeirão está com taxa de transmissão de 0,86, o que significa provável controle da transmissão. Nesta semana, uma nova atualização será realizada na plataforma.

O sistema de monitoramento que acompanha a taxa de isolamento no estado mostra que, no sábado, 30, a taxa de isolamento no município de Ribeirão Preto ficou em 44%, considerado de baixo isolamento. O ideal, segundo o estado, é manter uma taxa de 60% para o controle da doença.

 


  

01/02/2021 - Revide
Foto:  Equipe MDA/Divulgação