Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


RIBEIRÃO ANTECIPA VACINAÇÃO E PODE COLOCAR A CIDADE NA 'FASE VERMELHA'
     . REGIS

    
Anúncio de “pacote” para conter transmissão da Covid-19 no município é feito pela prefeitura na tarde desta terça-feira, 9  

                                

  

Com a preocupação sobre avanço de casos e ocupação nos leitos de UTI Covid em Ribeirão Preto, a Prefeitura Municipal anunciou, em coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira, 9, uma série de medidas para conter a transmissão da doença na cidade.

Um dos primeiros anúncios é em relação à vacinação contra o coronavírus, que será adiantada para os idosos acima dos 85 anos. A aplicação de doses nesse público, que estava marcada a partir do dia 15, irá começar na quinta-feira, 11.

O agendamento obrigatório já pode ser feito pelos idosos nessa faixa etária. A medida foi tomada por conta do ponto facultativo de Carnaval, pois não haverá vacinação nos dias 15 e 16 e, na quarta-feira, 17, a vacinação será retomada após as 13h30.

A prioridade do Executivo é vacinar todos os idosos para que, com isso, diminua significativamente a pressão na ocupação de leitos de UTI. "Nós fechamos o dia de hoje com 1.140 óbitos na cidade. E,  84,4% das pessoas que morreram em Ribeirão Preto, desde o início da pandemia, são pessoas com 60 anos ou mais. Portanto, [...] quando a gente atingir a vacinação de 60 anos ou mais, nós vamos estar 'blindando' de morte", ressaltou o prefeito Duarte Nogueira (PSDB).

Nogueira também anunciou que mais dez leitos serão abertos no Hospital das Clínicas (HC) até a sexta-feira, 12. O prefeito também ressaltou que, caso a ocupação suba muito nos próximos dias, a prefeitura mesmo poderá criar medidas restritivas de retomada econômica e colocar a cidade na fase vermelha. 

Sinal de alerta
Durante a coletiva, o  secretário municipal de Saúde, Sandro Scarpelini, trouxe dados preliminares do que pode vir a ser um novo pico da doença em Ribeirão Preto, semelhante ao que a cidade enfrentou em julho de 2020. 

No momento, o município apresenta uma taxa 160 de óbitos por 100 mil habitantes. O número é superior à média nacional (110 por 100 mil), à estadual (119 por 100 mil) e é inferior a  São José do Rio Preto, que é de 235 mortes para cada 100 mil habitantes. Porém, São José do Rio Preto tem sido utilizada de "termômetro" pela Secretaria de Saúde. 

"E São José do Rio Preto, na experiência que nós tivemos no ano passado, eles vieram um mês atrás de nós. Mas aí, teremos uma janela para fazer o que estamos tentando fazer", explicou o secretário.

Outro fator que reforça a necessidade de se manter as medidas de distanciamento social e a pressa para a vacinação, é que outras regiões próxima à Ribeirão Preto estão com índices de ocupação de leitos próximos a 100%. Franca, Araraquara e Bauru já enviaram pacientes para Ribeirão Preto. 

Mais doses
Ainda segundo o anúncio desta terça, Ribeirão Preto recebeu mais 17 mil doses da vacina, sendo que 12,3 mil delas será destinada à aplicação da segunda dose nos profissionais da saúde do município, enquanto as outras 4,6 mil serão reservadas aos idosos com mais de 85 anos.

Scarpelini, explicou que a segunda dose da Coronavac, destinada aos profissionais de saúde que atuam na linha de frente dos hospitais, pode ser aplicada a partir do 21º dia após a aplicação da primeira dose. Já os profissionais que tomaram a vacina AstraZeneca, devem tomar a segunda dose após três meses. Esse segundo imunizante foi aplicado, em sua maioria, em profissionais do HC.

Como as faixa etárias contemplam poucas pessoas, a Prefeitura optou por manter a vacinação apenas nos postos. Porém, quando chegar a faixas etárias maiores, como a dos 60 anos, deverão ser abertos postos de vacinação de drive-thru.

Vacinação
Para que o idoso receba a dose da vacina será obrigatório o agendamento no site da Prefeitura ou por telefone. O agendamento pode ser feito pela página da Secretaria Municipal de Saúde, no site da Prefeitura. Durante o cadastro, será solicitado o número do CPF e a data de nascimento. O agendamento segue liberado para pessoas acima de 90 anos e agora também para os idosos com idade acima dos 85. Lembrando que a vacinação dos idosos com 85 ou mais terá início na quinta-feira, 11.

Também é possível realizar o agendamento por telefone das 8h às 17h, de segunda a domingo, nos seguintes números: (16) 3977-9441 ou (16) 3977-9442.

- Ao realizar o agendamento será gerado um número de protocolo, além de ser informado a data e o local de vacinação 

- Pré-cadastro (opcional)
Antes de receber a vacina, será feito um pré-cadastro do idoso no sistema do Estado do Governo de São Paulo. Porém, para agilizar o atendimento, existe a possibilidade de que esse cadastro seja feito direto pelo site do governo estadual. Basta acessar o site Vacina Já e realizar o pré-cadastro.

Essa opção não é obrigatória, mas é recomendada, já que diminui o tempo que o idoso ficará exposto.

- No dia da vacinação
Após realizar o agendamento obrigatório, o idoso será informado da data, horário e local da aplicação da dose, além de receber um número de protocolo que ele deverá apresentar no dia. Esse número poderá ser impresso ou simplesmente anotado em um papel ou celular. 

- A vacinação acontecerá das 8h30 às 16h30, de segunda a sexta-feira, em 36 postos de vacinação. Não haverá vacinação nos dias 15 e 16 de fevereiro, retornando na quarta-feira, 17, a partir das 13h30.

- Os idosos deverão apresentar os seguintes documentos no posto de saúde:
- Documento oficial com foto (RG, CNH, etc.)
- CPF
- Comprovante de residência atualizado
- Protocolo de Agendamento gerado após a finalização de agendamento no site ou telefone

- Idosos acamados ou sem mobilidade
O Serviço de Atenção Domiciliar iniciou simultaneamente, nesta fase, a vacinação de idosos de 90 anos ou mais que se encontram acamados em suas residências. 

Os idosos dessa faixa etária, acamados, podem receber a vacina em sua própria casa, por meio do  Serviço de Atenção Domiciliar (SAD). Basta entrar em contato com a unidade de saúde mais próxima ou no próprio SAD, pelo telefone: 3977-7111. 

 


  

09/02/2021 - Revide
Foto:  Divulgação