Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


SEM ATUALIZAÇÃO DO PLANO SP, RIBEIRÃO PERMANECE NA FASE LARANJA
     . REGIS

    
Ficam mantidas as regras divulgadas na última sexta-feira, 5

                                

  


Sem uma atualização por parte do governo estadual, Ribeirão Preto e os outros 25 municípios que compõe a Diretoria Regional de Saúde (DRS) XIII, permanecem na Fase Laranja do Plano São Paulo.

A próxima atualização deve ocorrer na sexta-feira, 19 de fevereiro. Até lá, ficam mantidas as medidas de distanciamento social divulgadas na última sexta-feira, 5.

Regras
Shoppings, galerias e estabelecimentos congêneres podem funcionar com capacidade limitada a 40%, até oito horas por dia e com limite de abertura até 20h. Para o comércio e serviços, as regras são as mesmas.

Também segue permitido o consumo local em bares e restaurantes, que devem atender com capacidade de até 40%, oito horas por dia, até as 20h. O consumo vale exclusivamente para clientes sentados e ficará permitido o atendimento até 22h para os clientes que já estiverem no local.

Já as academias e salões de beleza, podem funcionar no horário estipulado em alvará de funcionamento, desde que atendam 40% de sua capacidade de público.

O setor de eventos deve operar com capacidade limitada a 40%, horário de até oito horas por dia e limite até 20h. Assentos devem ser marcados e é preciso controle de acesso, além de proibição de público em pé.

Ranking de vacinação
Durante a coletiva desta sexta-feira, o governo estadual divulgou o ranking dos município com mais de 100 mil habitantes que mais vacinaram até o momento. Ribeirão Preto está fora do ranking das 10 cidades que mais vacinaram.

Respectivamente, os municípios que mais vacinaram em relação à população foram:  São Caetano do Sul, 8,1%; Catanduva, 7,2%; Botucatu, 7%; Barretos, 6,3%; Santos, 5,8%; São José do Rio Preto, 5,7%; Jaú 5%; Araçatuba 5%, Araraquara 4,9%; e Marília 4,8%. Ribeirão Preto chegou a ocupar a 4ª posição no ranking, mas depois caiu para a 7ª e agora está fora do top 10.

Até o momento, com 27.560 doses aplicadas, Ribeirão Preto vacinou 3,8% da sua população. Apesar disso, a vacinação no município está acima da média geral do estado, que é de 2,8%. Ao todo, no Estado de São Paulo, 1,3 milhão de pessoas foram vacinadas.

Segunda dose
Ainda durante a coletiva no Palácio dos Bandeirantes, a enfermeira Mônica Calazan, primeira pessoa a receber a vacina contra a covid-19 no Brasil, recebeu a segunda dose da Coronavac. A cerimônia simbólica marca o início da aplicação da segunda dose do imunizante nos profissionais de saúde. 

 


  

12/02/2021 - Revide
Foto: 
Divulgação