Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


CEPAS DO NOVO CORONAVÍRUS SÃO ENCONTRADAS NA REGIÃO DE RIBEIRÃO
     . REGIS

    
Especialista explica que, além do alto risco de contágio, mutações do vírus podem aumentar nível de reinfecção

                                

  


As variantes do novo coronavírus, identificadas inicialmente no Amazonas e em Londres, foram encontradas, nesta semana, em Araraquara e os especialistas acreditam que já podem estar circulando na região. Em Ribeirão Preto, inclusive. 

Pela proximidade de apenas 90 quilômetros, o pesquisador Bernardino Alves Souto, representante da USP de São Carlos, diz que as mutações podem aumentar o nível de transmissibilidade da covid-19 e agravar o risco de reinfecção em ambas as cidade. 

Isso porque, ainda segundo o especialista, as pessoas que já possuem anticorpos podem não estar imunes a essa nova linhagem viral. 

"Tudo ainda está em estudo, mas sabe-se que há maior risco de reinfecção pelas cepas e, também, que a vacina não funcione como o esperado. São possibilidades previsíveis diante de mutações como essa, mas todas precisam ser mais analisadas", completa Souto. 

Em transmissão ao vivo pela internet, o prefeito de Araraquara, Edinho Silva (PT), também comentou o caso. 

Ele informou que 16 amostras de materiais genéticos, colhidas me pessoas contaminadas pelo novo coronavírus, foram analisadas pela Faculdade de Medicina da USP e devem ser encaminhadas ao Instituto Adolfo Lutz - foram nelas que as cepas apareceram. 

Anunciou, ainda, novas normas de combate a pandemia, com uma etapa extra de lockdown a partir da próxima segunda-feira (15). "Diante dessa informação, precisamos de mais rigor e sacrifício da sociedade no enfrentamento do vírus", destacou o chefe do Executivo. 

Vale ressaltar que, até o momento, não há indícios de contaminação pelas variantes da covid-19 em Ribeirão Preto. As previsões foram sugeridas por cientistas e poderão ser investigadas.

 


  

13/02/2021 - ACidadeON
Foto: 
Divulgação