Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


ESTUDO SUGERE VACINA DE OXFORD COMO EFICAZ CONTRA VARIANTE BRASILEIRA
     . REGIS

    
Estudo preliminar e ainda não divulgado pode apontar que não haveria necessidade de modificação da fórmula original

                                

  


Dados preliminares de um estudo realizado pela Universidade de Oxford indicam que a vacina contra covid-19 desenvolvida em parceria com a farmacêutica AstraZeneca é eficaz contra a variante do coronavírus P.1, identificada inicialmente em Manaus (AM), disse à agência Reuters uma fonte com conhecimento do assunto nesta sexta-feira (5).

A informação sugere que a vacina não precisará ser modificada para proteger contra a variante, disse a fonte, que pediu anonimato porque os resultados ainda não foram divulgados.

A fonte não forneceu a eficácia exata da vacina variante, mas disse que os resultados completos do estudo devem ser publicados em breve, possivelmente em março.

Os primeiros resultados indicaram que a vacina da AstraZeneca foi menos eficaz contra a variante sul-africana, que é semelhante à P1. Posteriormente, a África do Sul suspendeu o uso da vacina no país.

A informação vem após um estudo de pequenas amostras sugerir que a vacina contra covid-19 desenvolvida pela empresa chinesa Sinovac pode não ser eficaz contra a variante brasileira.

 


  

05/03/2021 - R7
Foto:  Divulgação