Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


PREFEITURA SUSPENDE AGENDAMENTO DE VACINAÇÃO PARA GESTANTES EM RIBEIRÃO
     . REGIS

    
Foram identificadas tentativas de furar a fila, incluindo o agendamento para homens
 
                               

 

  


O agendamento da vacinação contra a Covid-19 para gestantes e puérperas foi suspenso, nesta segunda-feira, 28, em Ribeirão Preto, após tentativas de fraude no sistema. Segundo nota divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde a maioria das vagas foi ocupada por pessoas que não pertencem a esse grupo, como exemplo, pessoas do sexo masculino.

O governo municipal informou que, na terça-feira dia 29 de junho, a partir das 9h30,  será reaberto novo agendamento para esse grupo. "Portanto, solicitamos antecipadamente que só façam o agendamento gestantes e puérperas", declarou a pasta.

Mais uma vez
A Prefeitura também apura uma denúncia de fraude na vacinação de professores contra a Covid-19. A acusação foi levada a público pelo próprio secretário municipal de Educação, Felipe Elias Miguel, em um grupo de profissionais da educação, no Facebook.

Segundo o secretário, algumas pessoas tentaram se passar por professores para receberem a vacina do grupo prioritário. Além disso, Miguel revelou um caso em que uma pessoa teria tomado três doses da vacina.

"Retrato da falta de respeito de colegas da Educação (e outros) com a Saúde e com a organização. Pessoas se passando por outras, pessoas que não são da educação e até um caso de pessoa tomando três doses. O esforço é enorme para filtrar pessoas de caráter duvidoso. Infelizmente é a realidade", escreveu o secretário.

Após a publicação, professores alertaram para a gravidade das acusações e se o secretário possuía provas. "Eu não seria irresponsável de mencionar algo aqui que não fosse fato concreto", argumentou Miguel.

Procurada, a Prefeitura informou que houve "uma denúncia e que ela será apurada". O executivo informou também que a Secretaria de Educação trabalha em conjunto com a Saúde para o avanço do processo de vacinação dos professores. 

Lista de vacinados
A Câmara Municipal dos Vereadores de Ribeirão Preto aprovou, no dia 24 de junho, um projeto de lei que obriga a Prefeitura a compartilhar a lista de vacinados contra a Covid-19 com o legislativo.

A proposta foi aprovada de forma unânime e agora segue para sanção ou veto do prefeito Duarte Nogueira (PSDB). Vale lembrar que um projeto semelhante já foi vetado pelo Executivo em maio.

A lista deverá conter o local da vacinação, nome do imunizado, lote da vacina, nome do vacinador, data da imunização e a qual grupo a pessoa vacinada pertence. Ainda de acordo com o texto, nenhum dado confidencial poderá ser divulgado pelos vereadores, apenas daqueles que, comprovadamente, tiverem fraudado o plano de imunização.

 


  

28/06/2021 - Revide
Foto:  Pixabay