Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 


CONFIRA OS INDICADORES DO PLANO SP NA REGIÃO DE RIBEIRÃO PRETO
     . REGIS

    
A média de novas mortes a cada 100 mil habitantes, por exemplo, estava acima de 20, agora está em 10,4
 
                               

 

  

 

Os indicadores da pandemia na região de Ribeirão Preto seguem apresentando melhora. Na última atualização, a ocupação de UTIs está perto de 80%, melhor resultado em quase quatro meses.

Dos cinco principais indicadores disponibilizados pelo Plano São Paulo, o único que continua alto é o de novos casos a cada 100 mil habitantes. Na atualização da tarde da sexta, 9 de julho, estava marcando 578,4.

No entanto, as internações e mortes despencaram. A média de novas mortes a cada 100 mil habitantes, por exemplo, estava acima de 20, agora está em 10,4.

Abaixo você vê todos os indicadores da região de Ribeirão Preto, em atualização realizada na tarde desta sexta (9). Entre parênteses, estão os mesmos indicadores com dados de um mês atrás (11 de junho).

- *Casos a cada 100 mil habitantes: 578,4 (488,2)
- *Internações a cada 100 mil habitantes: 50,1 (87,3)
- *Mortes a cada 100 mil habitantes: 10,4 (20,2)
- Ocupação de UTIs: 81,2% (94,1%)
- Leitos a cada 100 mil habitantes: 28,0 (31,0)
*
nos últimos 14 dias

(Cidades que compõem a região de Ribeirão Preto no Plano SP: Altinópolis, Barrinha, Batatais, Brodowski, Cajuru, Cássia dos Coqueiros, Cravinhos, Dumont, Guariba, Guatapará, Jaboticabal, Jardinópolis, Luís Antônio, Monte Alto, Pitangueiras, Pontal, Pradópolis, Ribeirão Preto, Santa Cruz da Esperança, Santa Rita do Passa Quatro, Santa Rosa de Viterbo, Santo Antônio da Alegria, São Simão, Serra Azul, Serrana e Sertãozinho)

 


  

10/07/2021 - ACidadeON
Foto:  Divulgação