Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 

    
BAIXA ADESÃO PARA 2ª DOSE DA VACINA CONTRA A COVID-19 PREOCUPA SAÚDE EM RIBEIRÃO

     . REGIS   

        
Pessoas que receberam a vacina Astrazeneca entre os dias 13 e 18 de maio, já podem agendar segunda dose do imunizante
   
          

 

  


A Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto anunciou nesta terça-feira, 3, que a adesão do agendamento para a segunda dose da Astrazeneca em pessoas dos grupos prioritários que se vacinaram entre 13 e 18 de maio está abaixo do esperado.

Foram disponibilizadas 14.439 doses para serem aplicadas na quarta-feira, 4, a partir das 8h, em pessoas com comorbidades de 55 a 59 anos, deficientes com BPC de 55 a 59 anos, pessoas com Síndrome de Down e transplantados com 18 anos ou mais. Contudo, até o momento, foram realizados pouco mais de cinco mil agendamentos.

"A primeira dose vai provocar um estímulo da resposta do nosso sistema imune. Quando você toma a primeira dose, ela já provoca que o nosso sistema de defesa comece a produzir os anticorpos. Mas uma dose não é suficiente e precisa de um reforço que fará com que a produção de anticorpos seja melhor ainda e nos deixe imunes por mais tempo. A eficácia da vacina se torna maior, melhor e mais duradoura com a segunda dose", explicou o secretário da Saúde, Sandro Scarpelini.

No dia e horário agendados para receber a vacina, será preciso ter em mãos um documento oficial com foto, CPF, comprovante de endereço de Ribeirão Preto atualizado, a ficha do Vacivida preenchida, cartão de vacinação da primeira dose e o número do protocolo do agendamento.

Pessoas acamadas
As pessoas acamadas desse grupo poderão receber a vacina em sua própria casa, por meio do SAD (Serviço de Atenção Domiciliar). Basta entrar em contato com a unidade de saúde mais próxima ou no próprio SAD, pelo telefone 3977-7111.

 


03/08/2021 - Revide
Foto: 
Divulgação / Pixabay