Canal:
QUALIDADE DE VIDA

 

    
RIBEIRÃO CONFIRMA 8 CASOS DA VARIANTE DELTA DO CORONAVÍRUS
     . REGIS   s 

        
Todas as oito pessoas contaminadas já tinham tomado as 2 doses da vacina
   
          

 

  


Ribeirão Preto tem oito casos confirmados da variante Delta do Coronavírus, até esta segunda-feira, 23. A informação foi divulgada pelos médicos Benedito Antônio Lopes da Fonseca e o Rodrigo Calado, durante entrevista coletiva no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (HC-FMRP).

Os infectados são três homens e cinco mulheres, com idades que variam dos 26 aos 90 anos. Todos apresentaram sintomas leves da doença e já haviam recebido as duas dose da vacina contra a covid-19.

HC em alerta
Na última quarta-feira, 18, em um vídeo interno direcionado para funcionários o superintendente do Hospital das Clínicas, Benedito Maciel, alertou sobre a situação.

"Se por um lado temos observado nas últimas semanas no Brasil dados animadores de redução de casos e óbitos, verificamos com preocupação a progressiva disseminação da variante Delta do Coronavírus que em outros países tem provocado um aumento da transmissão do vírus, com todas as graves consequências já amplamente conhecidas", ressaltou Maciel.

Até o final de julho, cerca de 15 funcionários estavam afastados em decorrência da Covid-19; em agosto, o número subiu para 26, todos eles com sintomas leve.

Ainda no vídeo, Maciel alerta para a disseminação de forma rápida do vírus em diferentes setores do hospital. "Chama a atenção, o surgimento de surtos envolvendo diversos funcionários de uma mesma área, o que sugere, que em alguns casos, a transmissão esteja sendo feita por meio de colegas que trabalham em atividades de rotina na instituição" comentou o superintendente

Com cerca de um quarto da população vacinada com as duas doses, Maciel diz ter receio de que o país possa estar assistindo a uma nova escalda de casos. "E a perda de avanços duramente conquistados nesses meses que vivemos ao longo de 2021", concluiu.

Variante Delta
A variante Delta da Covid-19 apresenta a mesma forma de transmissão que as outras variantes do vírus. Dessa forma, a importância das medidas protetivas como, uso de máscara, distanciamento social e lavagem frequente das mãos se mantém.

No dia 17 de agosto, a região de Ribeirão Preto confirmou o primeiro caso da variante. De acordo com informações da Secretaria Municipal da Saúde, a paciente diagnosticada com a variante é residente de Serrana, mas atua como profissional da saúde em Ribeirão Preto.  

"Quando diagnosticada, foi imediatamente desenvolvido todo o trabalho de vigilância, com investigação e bloqueio do caso, sendo que até o momento, não houve nenhum relato de que os contactantes de Ribeirão Preto com a mesma apresentaram sintomas da doença", informou a Secretaria.

Restrições
Apesar da flexibilização do Plano São Paulo que passaram a valer no dia 17 de agosto, a Prefeitura de Ribeirão Preto manteve as restrições em proteção à Covid-19. Segundo a administração, o objetivo é garantir que os números de casos não aumentem, principalmente por conta da variante Delta que circula pela região do município e em todo Estado de São Paulo.  A medida tem validade até 30 de agosto.

Com as novas regras, os estabelecimentos comerciais como lojas, shoppings, centros de beleza e restaurantes continuam com atendimento permitido de segunda-feira a domingo, no horário das 6h até a 0h e capacidade máxima de 80% de ocupação. O mesmo vale para as atividades culturais, esportivas e religiosas.

Estão mantidas também as regras para atendimentos em bares, restaurantes e similares, sendo permitido somente para clientes exclusivamente sentados, e proibido o consumo de bebidas e alimentos por clientes em pé. No caso dos eventos, está mantida a lotação máxima de 300 pessoas e vedada a utilização de pista de dança.

 


23/08/2021 - Revide
Foto:  Luan Porto